A Lingua

”Pois a boca fala do que está cheio o coração.” Mateus 12: 34b

Um cuidado que temos que ter é com o nosso falar, o que sai da nossa boca pode afetar positivamente ou negativamente a muitas pessoas e a nós mesmos.

Se eu sou alguém salvo, tendo “entregue minha vida a Deus, aceitando a Jesus Cristo como meu único e suficiente Salvador” a minha conduta tem que ser diferente, meu falar tem que ser diferente. Conforme lemos em Tiago: “Meus irmãos, pode uma figueira produzir azeitonas ou uma videira, figos? Da mesma forma, uma fonte de água salgada não pode produzir água doce.” (Tiago 3:12)

Assim o meu falar tem que ser um falar abençoador acima de tudo, não um falar amaldiçoador, palavras torpes não podem fazer parte do meu vocabulário.

“Se alguém se considera religioso, mas não refreia a sua língua, engana-se a si mesmo. Sua religião não tem valor algum! (Tiago 1:26”)

Amados poderia citar vários outros versículos que encontram-se no livro de Tiago que nos alertam em relação ao falar (ao cuidado com língua), mas creio que nesta pequena reflexão podemos entender sobre o cuidado que temos que ter com o que falamos.

Quero apenas deixar mais um texto para sua reflexão: Tiago 3:5-9.

OremosPai obrigado por Sua graça e misericórdia pois precisamos.
Ajuda-nos a refrear nossa língua e que de fato possamos “fazer valer” a nossa salvação, em tudo e em todo tempo, um testemunho condizente. Oramos em nome de Jesus. Amém

Pr. Ranieri Farias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s