Não sejamos Reprováveis

Näo sejamos Reprováveis

“Temamos, pois, que, porventura, deixada a promessa de entrar no seu repouso, pareça que algum de vós fica para trás. Porque também a nós foram pregadas as boas novas, como a eles, mas a palavra da pregação nada lhes aproveitou, porquanto não estava misturada com a fé naqueles que a ouviram. […] Portanto, resta ainda um repouso para o povo de Deus. Porque aquele que entrou no seu repouso, ele próprio repousou de suas obras, como Deus das suas.

Procuremos, pois, entrar naquele repouso, para que ninguém caia no mesmo exemplo de desobediência. Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração. E não há criatura alguma encoberta diante dele; antes todas as coisas estão nuas e patentes aos olhos daquele com quem temos de tratar.

Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão. Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado. Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno.” (Hebreus 4:1,2 e 9 a 16)

O texto de Hebreus, não fala aos não-convertidos, mas aos convertidos em Cristo Jesus. As bênçãos que o Senhor nos oferece a cada dia, são muitas e incontáveis, basta que tenhamos olhos para enxergar. Muitas vezes olhamos mas não as vemos, porque estamos cegos para as coisas de Deus. Temos estado tão apegados às coisas materiais deste mundo que não nos apercebemos das coisas que vêm de cima.

Que nossos corações se voltem ao autor e consumador da nossa fé, e Ele nos ajude a retermos firme a nossa fé e posição em Deus. Que não sejamos reprováveis em nossas ações cotidianas, como parte do povo no deserto, que pereceu pela desobediência, antes, que em todas as coisas nosso testemunho de vida cristã fale mais alto.
Não cedamos às tentações e ao pecado, seguindo o exemplo de Jesus, que em tudo foi tentado, mas sem pecado.

Oremos: Pai que eu jamais seja um incrédulo, e que eu jamais esteja cego a ponto de deixar de ver as maravilhas que o Senhor tem feito em minha vida, que eu jamais seja reprovável aos Teus olhos. Clamo ao Senhor para que eu tenha olhos espirituais, mesmo em momentos de adversidade. Que minhas expectativas maiores estejam no Seu reino. Eu oro em nome de Jesus. Amém.

Pr. Ranieri Farias

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s